Vereadores, prefeito e vice são empossados na Câmara

Vereadores, prefeito e vice são empossados na Câmara
Vereadores integram a 19ª Legislatura (2021-2024)

A Câmara de Vereadores de Gaspar (CVG) empossou nesta sexta-feira (1) os 13 vereadores eleitos para a 19ª Legislatura (2021-2024). Foram empossados também o prefeito reeleito Kleber Wan-Dall (MDB) e o vice-prefeito Marcelo Brick (PSD).

Coube ao parlamentar mais idoso, vereador José Hilário Melato (PP), a tarefa de presidir a sessão solene. Já o vereador Ciro André Quintino (MDB) foi o secretário da Mesa Provisória.

Durante o evento, os parlamentares apresentaram o diploma eleitoral e a declaração de bens.

Em seguida, Melato convidou os eleitos para prestarem o compromisso de “manter, defender, cumprir e fazer cumprir a Constituição da República Federativa do Brasil, a Constituição do Estado de Santa Catarina, a Lei Orgânica do Município de Gaspar e a Legislação em vigor, defendendo a justiça social, a paz e a igualdade de tratamento a todos”.

 

Nova cara

Entre os que tomaram posse, seis são vereadores reeleitos, três já assumiram o mandato em algum momento e quatro são novos vereadores. Em comparação com a legislatura passada, o número de mulheres cresceu, passando de dois para três, representando 23% da Casa.

Assumirão, pela primeira vez, em 73 anos, a primeira mulher negra, a vereadora Mara Lúcia Xavier da Costa dos Santos (PP) e o primeiro vereador cadeirante, Amauri Bornhausen (PDT). Em dezembro, a Casa contratou uma empresa para garantir acessibilidade ao trabalho do novo parlamentar. Na próxima semana, as reformas deverão ser iniciadas.

Com 1568 votos, a vereadora reeleita Franciele Back (PSDB) foi a mais votada nas eleições de 2020. Ela agradeceu a votação expressiva e ressaltou as funções parlamentares de fiscalizar e propor leis.

“Temos, ainda, a missão de caminhar lado a lado da comunidade, sendo uma voz ativa e parceira no legislativo. Está na nossa mão fazer uma Política do olho no olho, do pé na estrada; uma política de princípios, de disposição e que sempre fale a verdade para as pessoas. Eu digo não ao político que dá jeitinho, não ao político que só aparece em ano de eleição, não ao político que joga pra torcida, que faz populismo. Prefiro perder a popularidade, mas nunca a credibilidade”, declarou.

 

Bancadas

Os oito partidos, que já tinham representação na CVG, mantiveram-se no Legislativo. A maior bancada será a do MDB, que passou de três para cinco vereadores.

Em segundo lugar, vem o PP, com três vereadores contra dois no pleito anterior. Enquanto PSD, PL, PT, PSDB e PDT terão apenas um representante por legenda.

Postado em 1 de janeiro de 2021 0